• Banner01
  • Banner02
  • Banner03

Rali Vinho do Porto com traçado delineado

4, 5 e 6 de Dezembro será contemplado pelo Rali Vinho do Porto num traçado que fará as delícias dos apaixonados pelos Ralis e percorrerá pontos nevrálgicos do antigo Rali Vinho do Porto e da fantástica região Douriense Amarante, Carvalho de Rei, Aboboreira, Baião, Régua, Lamego, Serra das Meadas, Cambres, Pinhão, Armamar, Santa Maria de Cárquere, Resende, Castelo de Paiva e Pejão. São os pontos delineados pelo CAMI Motorsport para a esta edição do Rali Vinho do Porto.

“Será com certeza um evento de excelência. O percurso fala por si e marcará pela positiva os ralis de regularidade histórica em Portugal. Pretendemos que o rali Vinhodo Porto tenha uma componente desportiva de excelência. Onde os participantes se possam divertir e tenham prazer de condução nas fantásticas estradas que compõem o Rali. Muitas delas serviram de palco aos míticos troços do Rali Vinho do Porto a contar para o mundial de ralis”

A próxima semana ficará marcada com o encerramento definitivo do programa.

COMUNICADO

O CAMI tem sido confrontado nas últimas horas com uma grande de afluência de contactos por parte de concorrentes que se intitulam como inscritos no Rali Vinho do Porto e que têm manifestado perante o clube algum desconforto pelo facto de se terem inscrito numa prova que entretanto mudou de nome, mas que continua sendo anunciada como Rali Vinho do Porto. Acresce o facto de terem alterado à última hora o local de partida prevista inicialmente na Praça D. João I, sendo substituída pelo Freixo (Palácio do Freixo). Agendada amanhã dia 18 às 14.00 hrs.

Aos factos ocorridos o CAMI esclarece o seguinte:

Declinamos qualquer responsabilidade no que se refere à organização e promoção da referida prova.

O Rali Vinho do Porto encontra-se agendado no calendário da FPAK sendo a única prova com essa designação em Portugal e o CAMI a entidade responsável pela sua organização.

O CAMI apresentou à Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting, entidade que tutela o Desporto Automóvel em Portugal, o adiamento do Rali Vinho do Porto invocando motivos prontamente compreendidos pela FPAK.

Pelo que podemos apurar, a entidade Vintage Celebration que organiza a prova designada por Douro Experience-Rota das Vindimas, não tem competência legal para organizar provas desportivas de automobilismo. Nem a prova em questão tem a aprovação da Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting. O que, caso se apresentem classificações, divisão de carros por categorias com numeração de prova, etc, transforma o evento numa prova desportiva que, pelo facto de não ter Regulamento de Prova aprovado pela FPAK é considerada ilegal. vulgarmente designada como “pirata”.

Também apuramos que, por motivos internos das entidades, o Instituto do Vinho do Porto e a Porto Lazer deixaram de apoiar a prova em questão, agora designada como Douro Experience-Rota da Vindimas.

Consideramos esta situação preocupante, tivemos sempre uma postura passiva devido ao facto de a marca Rali Vinho do Porto, os Concorrentes  e as instituições nos merecerem o máximo respeito e consideração. No entanto preocupa-nos o facto de os concorrentes estarem à margem do que se passa e provavelmente não terem consciência do risco que correm ao participar numa prova, que, pelos indícios demonstrados é ilegal.

É do conhecimento publico que recentemente partiu da Cidade do Porto um Rali Histórico Internacional, tendo ocorrido um acidente na zona do Caramulo, em que um concorrente se despistou causando a morte aos dois ocupantes, pai e filho. Situações como esta são motivos de grande preocupação.

A segurança das provas é um assunto que muito nos sensibiliza. Os recentes acontecimentos na Corunha são exemplo disso. Infelizmente pode acontecer, mas numa entidade que não tem competência nem experiência na organização de provas desportivas, o risco é francamente maior.

O CAMI está, como sempre esteve disposto a colaborar com todos os concorrentes, entidades e instituições, mas sempre dentro da legalidade.

A FPAK tem conhecimento dos factos e com certeza irá agir em conformidade.

O CAMI - CLUBE AVENTURA DO MINHO

CAMI propõe nova data à FPAK.

Rali Vinho do Porto promete colheita Vintage 

A edição de 2015 do Rali Vinho do Porto, conforme prometido pelo CAMI entidade organizadora e promotora do evento, será um marco importante em termos qualitativos no que respeita às provas de Regularidade Histórica em Portugal.

O CAMI tem mobilizado todos os meios para criar parcerias importantes de forma a conseguir o maior número de órgãos de comunicação social e, também a internacionalização do evento. Fontes próximas do CAMI afirmam que a receptividade tem superado as expectativas.

Membros do clube deslocaram-se recentemente a Espanha e Inglaterra. E preparam viagem a França e Bélgica com o intuito de cativar concorrentes e estabelecer parcerias importantes para o Rali Vinho do Porto.

“Conforme afirmamos o Rali Vinho do Porto merece um nível qualitativo de excelência. Por motivos de força maior onde destacamos o timing, não nos foi possível organizar o Rali Vinho do Porto na altura das Vindimas. Estamos empenhados e temos mobilizado todos os esforços para que a 2a edição do Rali Vinho do Porto dê um salto qualitativo de forma a colocar a prova ao nível das melhores provas internacionais. O plano de comunicação que estamos a elaborar contempla objectivos a 3 anos. Temos a consciência que o Rali Vinho do Porto é um excelente projecto turístico e de comunicação”

Aguarda-se com expectativa a aprovação da data por parte da FPAK. www.cami.pt

Rali Vinho do Porto Adiado

CAMI solicita à FPAK adiamento do Rali Vinho do Porto

Por motivos de força maior (respeito às instituições que apoiam o evento e aos concorrentes) , o CAMI decidiu solicitar a alteração de data do Rali Vinho do Porto.

O CAMI detentor dos direitos desportivos do Rali Vinho do Porto, tem sido confrontado com situações pouco claras sobre concorrentes que questionam o facto de se terem inscrito num rali designado Rali Vinho do Porto e não organizado por este clube .

Também algumas autarquias do Douro manifestarem o seu descontentamento em relação a todo este processo.

“Consideramos esta situação grave, e assim não podemos aceitar que determinada instituição utilize indevidamente a imagem do CAMI e da FPAK na tentativa de credibilização de um projecto, conseguindo com isto proveitos indevidos. A facilidade dos contactos diretos com os concorrentes e o poder de proliferar informação, não são argumentos para, de uma forma desleal e unilateral se tentar apoderar da propriedade e de direitos que nunca foram seus. Esta situação só cria uma polémica que em nada ajuda o Rali Vinho do Porto e a que o CAMI é alheio. Sempre agimos de boa fé e prometemos um Rali Vinho do Porto com a qualidade que o mesmo merece.”  CAMI.

Assim, o CAMI solicitou à FPAK o adiamento desta prova para que a mesma esteja fora de todas estas polémicas e se possa realizar com a qualidade que merece.

A FPAK aceitou os argumentos apresentados pelo clube e aguarda ansiosamente a apresentação de nova data.

www.cami.pt

Rali Vinho do Porto pretende colheita de excelência

Com a exclusividade desportiva e promotora do CAMI, o Rali Vinho do Porto vai para a estrada nos dias 18, 19 e 20 de Setembro, numa experiência inesquecível que promove a região do Douro. 

Seguindo a célebre teoria que o Vinho do Porto se produz no Douro e envelhece em Gaia, o Rali Vinho do Porto terá a sua partida em Vila Nova de Gaia, mais concretamente na Marina do Douro, com destino a Lamego.

Este evento, que tem chancela da FPAK, percorrerá as mais belas paisagens da região duriense e recupera a histórica designação para promover toda a cultura e património do Vinho do Porto. Os participantes poderão esperar uma conjugação perfeita entre a componente turística e a vertente da competição em regularidade. Com um percurso que inclui cenários deslumbrantes e algumas das mais interessantes estradas de Portugal, o Rali Vinho do Porto proporcionará excelentes momentos de condução. Com base nesses argumentos, o CAMI promotor exclusivo do Rali Vinho do Porto perspectiva uma divulgação internacional que permita atrair participantes estrangeiros em futuras edições e projectar o evento e a região internacionalmente.

Aos 30 primeiros inscritos no Rali Vinho do Porto o CAMI oferece duas noites de alojamento no fantástico Hotel de Lamego, Quinta da Vista Alegre, tornado o valor da inscrição ainda mais apelativo. Com os prazos de inscrição prestes a terminar, os interessados deverão solicitar informações adicionais sobre as condições de participação através de Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

apoios